Novos Tópicos



 

Compartilhe | 
 

 [Missão 1] Navios do Norte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Narrador

Narrador
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 222
Conquista : 74


The Saint

MensagemAssunto: [Missão 1] Navios do Norte   12/11/2013, 4:07 pm

Dúvidas? Por favor, envie uma MP. Mais informações? Leia o final do tópico!

Navios do Norte


Cavaleiros de Atena:  4/4 (Sem vagas)
Cavaleiros de Atena (Norte): 1/2 (Vantagem dos Navios)




Na Fortaleza Aenir, Itália, Novembro de 1685

Uma carta vinda do extremo norte da Rússia, exatamente do santuário que reside lá. Em suas palavras ricas em ameaça ao santuário de Atena. O motivo; O santuário do Norte quer justiça por causa da morte de seu antigo Líder: Heitor. Segundo os cavaleiros deste santuário, há algum traidor entre os fiéis de Atena, que por este motivo, mataram o Líder do Norte. Nada mais, nada menos que justiça, ou até mesmo vingança, para alguns.

Heitor foi um grande líder, que vestia a armadura dourada de Escorpião, ele fundou o Santuário do Norte, e foi assassino em uma missão com seus parceiros que eram do Santuário de Atena, isso causou uma reviravolta que quebrou o elo entre os Santuários.

O santuário de Atena recusou-se á acreditar que um de seus cavaleiros tivessem assassinado Heitor, e custou á insistir que ele fora morto por um dos Cavaleiros negros. Assim, o santuário negou qualquer apoio e ajuda ao Santuário do Norte, por causa deste mesmo motivo.

Indignados, os restantes do Norte enviaram uma carta de ameaça para Atena, alertando que iria invadir e tomar a Fortaleza Aenir (que pertence aos domínios de Atena)  como uma forma de mostrar do que eles eram capazes de fazer quando se tratava da injustiça. E isso iria acontecer na noite de 13 de Novembro, onde eles iriam enviar 10 Navios com diversos soldados do norte sob o comando de um ou dois cavaleiros que eram fiéis á crença dos mesmos.

...


Atena, sempre determinada em suas escolhas. Enviou cavaleiros para proteger a Fortaleza Aenir. Esses cavaleiros do santuário de Atena, haviam trazido consigo; 100 soldados pra cada um deles, sejam de bronze ou prata. E tinham á disposição, munições, e canhões sobre as muralhas.

Ao anoitecer, um dos soldados rasos avistaram uma frota de navios aproximar-se da fortaleza. - Inimigo á vista! - gritou, com um gesto ao chamar todos os companheiros. De imediato, todos os soldados tomaram posições e preparam os canhões, sendo que não seria possível o uso de armas, já que Atena sempre os proibiu.





Informações Estratégicas ON.
Spoiler:
 

Informações OFF.
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado



Convidado

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   12/11/2013, 4:50 pm

Código:

i've lost so much
Yesterday I died, tomorrow's bleeding Fall into your sunlight The future's open wide beyond believing To know why hope dies

Uma Carta era enviada para a Deusa Atena, seus cavaleiros foram chamados para uma missão, Flávio ficou sabendo do acontecido e não foi até o encontro com a Deusa Atena, sua vontade de luta lhe guiou até a Fortaleza de Aenir na Itália, quando se aproximava podia ver os navios que foram mandado até o local se aproximando, Flávio queimava seu cosmo ao seu máximo seus olhos ficavam vermelhos fervendo muito a sua vontade de luta ia aumentando o seu cosmo podia ser sentido até mesmo de onde estavam os navios.

-Ótimo, Irei esmagar todos é pouparei trabalho a Atena e os outros Cavaleiros. Irie mostra-lo que ameaçar Atena foi seu maior erro. Rs.

Se aproximando do local, Flávio parava ha 50 metros de distancia de onde os navios iriam parar, cruzando seus braços parecia inquieto com vontade de lutar esperava enfrentar inimigos tão forte quando ele, seu cosmo continuava queimando vestindo sua armadura de bronze ele ficava de cabeça baixa, esperando pelos seus oponente que deveria ataca-lo quando percebe-se que ele era um cavaleiro de Atena.




Flavio
[color][font]



[/font][/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cavaleiro de Bronze

Cavaleiro de Bronze
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 6
Conquista : 0


Hagazard


Character Status
HP:
600/600  (600/600)
Cosmo:
600/600  (600/600)
Fidelidade: Santuário de Atena
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   12/11/2013, 5:59 pm


Chegando na Batalha

Uma carta havia sido enviada a Athena, seus Cavaleiros eram chamados para realizar uma missão a deusa fez um chamado com seu Cosmo belo e puro que chamou a atenção de vários os Cavaleiros do reino que se dirigiram ao santuário, Hagazard subia as escadas correndo e chegou lá em cima onde falou com Athena em relação aquela missão e conseguiu a permissão para participar dela, o garoto rapidamente descia as escadas e ia em direção a Fortaleza de Aenir na Itália ao chegar lá já percebe um Cosmo brilhante e poderoso era o Cavaleiro de Lince Flávio, Hagazard ao ver seu parceiro corre para seu lado, ao lado de Flávio ele podia ver os navios que foram mandados até aquele local já se aproximando ele percebe que o Cosmo de seu parceiro já estava ativo e o seu amigo estava ansioso para lutar e resolve mostrar que também tinha poder Hagazard faz seu Cosmo se elevar e seus olhos ficam vermelhos brilhando e fala:
- Flávio vamos em acabar com esses traidores e poupar o trabalho da nossa Deusa Athena.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado



Convidado

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   12/11/2013, 6:53 pm


i've lost so much
Yesterday I died, tomorrow's bleeding Fall into your sunlight The future's open wide beyond believing To know why hope dies

 [font]-Fenix! então você veio, vamos lá, vamos mandar todos esses lixos para o Inferno!

Além do Cosmo de Lince um outro Cavaleiro apareceu no local, seu cosmo era muito agressivo tão forte quanto o de Flávio, era a Fenix, Hagazard de Fenix, um cosmo tão poderoso como o dele ao lado do cosmo de Lince de Flávio tudo parecia fácil por hora, não parecia ter muita dificuldade, com o Cavaleiro de Bronze eu seu lado, Flávio queimava mais ainda seu cosmo, esperando a ação dos invasores ele já estava preparado para lutar.

-Não entendo, se ele vão nós atacar deveria ter alguém para nós enfrentar, mais alguém com um nível bem alto, enfrentar fracos não é bom.

O Tempo ia se passando aos poucos, o local ficava bem ventilado mais também o calor ia aumentando um pouco, não parecia que tinha mais alguém no local sem sentir cosmo algum, Flávio ainda continuou com seus braços cruzados e esperando a ação de algum dos seus inimigos, provavelmente ele esperava por alguém de um nível alto, mais não parecia que alguém chegaria mais ainda assim ele sentia cosmo dos inimigos só esperava pela ação deles.
[/font]

Flavio


 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narrador

Narrador
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 222
Conquista : 74


The Saint

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   12/11/2013, 7:28 pm



Narração

Os dois cavaleiros de bronze já estavam posicionados, ambos estavam observando os Navios que estavam ainda distantes da Fortaleza. Os soldados rasos estavam devidamente organizado, com uma quantidade exata de 200 soldados, todos com seus capacetes de ferro e equipados para qualquer evento. Lince e Fênix pareciam ansiosos, e o cosmo de ambos pareciam queimar por uma luta naquela noite. Mas, deveriam ter cuidado, era uma frota de dez navios, contra dois cavaleiros de bronze e duzentos soldados rasos de Atena.

Um soldado segurando uma luneta, subiu os degraus da escada que havia perto do grande muro; uma escada feita de pedras muito bem delineadas que o levavam aos pontos principais de observação, ou melhor dizendo, até o topo dos muros da Fortaleza, onde estavam os dois cavaleiros de bronze.

- Senhores! Permitam-me! - exclamou o soldado, tomando a frente de ambos e colocando os olhos atrás da luneta, e observando á distância o navio que era comandado pelo Santuário do Norte. - Senhores, são 10 navios em nossa direção, estão á aproximadamente 140 metros da Fortaleza.-  explicou, guardando a luneta novamente.  E virando-se para os dois superiores de bronze, e agachando de maneira formal, em uma reverência. - Creio que a melhor escolha seja preparar os canhões da Fortaleza. -   sugeriu o soldado, permanecendo agachado com o capacete cobrindo seu rosto. Nesse exato momento, o soldado percebeu uma pequena luz acender-se em um dos navios, uma luz que provavelmente vinha de uma vela, ou lampião.

De longe, no alto mar, os marujos que estavam no navio, estavam correndo desesperadamente de um lado para o outro, vestindo algumas vestes, igualmente aos cavaleiros mais rasos do santuário. - PREPARAR CANHÕES! - ordenou um homem alto de barba grisalha, vestindo uma roupa adequada para a época e que em suas costas, possuía uma urna de armadura desconhecida.

Em um instante, todos os homens daquele navio começaram á correr para o porão e trazer as mais diversas munições para os canhões.  Segundo as ordens de seu próprio capitão, apenas um Navio, ou dois, ou até três; poderiam atacar por vez a Fortaleza, para não acabar rapidamente com seu estoque.  - Preparar...! - gritou o homem, enquanto os outros marujos-soldados acendiam o fogo de exatamente 15 canhões que estavam na lateral do navio do Norte.

- FOGO! - gritou, com vontade. E em seguida, 15 canhões foram disparados em direção á fortaleza, em pontos aleatórios do lugar, atingindo as torres e os muros do mesmo. Com uma tentativa de derrubar os muros, sendo que a maioria dos tiros não foram direcionados corretamente e acabaram tomando outra direção.

Na fortaleza, o movimento aumentou, alguns soldados que estavam observando da mesma forma, surpreendeu-se com os tiros repentinos e foram atingidos cruelmente pelas bolas negras do canhão. Que atingiram a maior parte da Fortaleza, aniquilando exatamente 25 soldados e fazendo a fortaleza estremecer.

Os cavaleiros de bronze de Lince e Fênix, com seus sentidos aguçados de um digno cavaleiro, perceberam duas bolas de canhão vindo em suas direções, sendo que uma acabou destroçando-se exatamente abaixo deles, enquanto outra quase os atingiu. Deixando uma cratera no muro da Fortaleza e desequilibrando fortemente Lince e Fênix.



Cavaleiros de Atena -  Os dois de bronze não foram atingidos, por sorte.
Soldados Rasos (Exército dos cavaleiros de Atena) - 175/200
Navios do Norte  10/10 - Estão á 130 metros da fortaleza.
Cavaleiros do Norte - Estão nos Navios.
Status da Fortaleza Aenir - Muros estão levemente atingidos.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
General Marina

General Marina
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 236
Conquista : 1


Kyokai


Character Status
HP:
800/800  (800/800)
Cosmo:
800/800  (800/800)
Fidelidade: Reino de Poseidon
MensagemAssunto: Uma invasão não desejada.   12/11/2013, 8:51 pm

Eu estava em mais um dia comum de um Cavaleiro de Bronze, treinando para quaisquer situação que poderia ocorrer.Eu já havia ouvido boatos sobre alguns Cavaleiros de um lugar que rompeu com o Santuário, ele se chamava Santuário do Norte, era um tanto confuso e interessante ao mesmo tempo, como poderia haver um Santuário separado do original? Mas não foi apenas isso que eu ouvi falar sobre o Santuário do Norte, eu também ouvi falar que o motivo do rompimento foi o assassinato do líder do Santuário do norte, o mais incrível e inacreditável é que o Santuário do norte afirma que o assassino é do Santuário Original! É uma coisa que me incomoda, logo eu que sou do Santuário Original e pensava que o senso de justiça era unicamente do Santuário de Atena.
Então surpreendentemente a senhorita Atena, através do seu cosmo, fala comigo - Kyōkai, a Fortaleza de Aenir está prestes a ser atacada, por favor vá para lá e tente neutralizar as forças inimigas, irão cem soldados com você, e eu já enviei dois cavaleiros de bronze com cem Soldados Rasos cada - Nossa, um inimigo? Mas eu pensei que era um época de paz, não tive muito tempo para pensar, me dirigi junto aos soldados, rapidamente a Fortaleza de Aenir.
Chegando lá, percebi que estava atrasado, a fortaleza já tinha sido atingido pelo inimigo. Os cavaleiros de bronze estavam lá com os seus soldados na linha de ataque, então eu falei - Soldados, esta é uma batalha real! Não temos que ficar nervosos ou com medo.Nesse momento eu não vou usar toda a frota de soldados, eu vou para a linha de combate na fortaleza, preciso que venham vinte e cinco soldados comigo, vamos! - E então Kyōkai foi para a fortaleza junto com os vinte e cinco soldados, ou outros estavam escondidos atrás da Fortaleza, na floresta que havia bem próxima dela, estavam prontos para se juntar ao campo de batalha imediatamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado



Convidado

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   12/11/2013, 9:40 pm


Ação
Yesterday I died, tomorrow's bleeding Fall into your sunlight The future's open wide beyond believing To know why hope dies

A Situação já começava a mudar um homem aparecia diante dos Cavaleiros de Lince é Fenix, se apresentando e com 200 cavaleiros rasos, 100 ao meu comando e 100 sobre o comando do Fenix, Flávio ordenava que começa-se a atirar com os canhões na direção dos navios, como seus golpes não seria efeito pois a distancia e longa e a água atrapalha pois o elemento principal de Flávio é Fogo.

-Obedeçam minhas ordem, meus poderes serão inútil agora, quero dois canhões para cada barco, agora atirem!

Flávio tirava proveito por ter mais canhões a sua disposição, os Cavaleiros Rasos por ordem de Flávio corria até a beira mar da Fortaleza, assim fazendo uma proteção e uma linha de frente melhor, aqueles que tinha lanças usaram ela contra os navios para acertar as pessoas que estavam lá, os canhões foram disparado como ordenado, dois para cada navio assim o estrago seria maior, Flávio sentia um cosmo aparecendo no local quando ele se revelava, Kyõkai de Equuleus com seus soldados, Flávio virava o rosto um pouco podendo ver o Kyõkai e então fala com ele:

-Ótimo, foi bom você chegar Equuleus, nós ajude faça suas tropas se preparar para um ataque é contra-ataque, sei que não és um cavaleiro de bronze atoa.

Com o Cavaleiro de Fenix um pouco mais distante dele, Flávio já pensava em algo mais para isso restava saber se o Fenix podia usar algum golpe de longa distancia mais que não fosse do mesmo que os de Flávio pois uma explosão sobre a água seria ruim não faria muito efeito, na sua cabeça ele queria fazer com que os navios pode-se pegar fogo com isso as bombas e os combustivel que tive-se naquele local ia explodir com a ajuda do fogo e isso iria trazer mais dano e facilitando muito.

-Fenix, tem algum Golpe capaz de fazer aqueles navios pegar fogo? caso tenha 
líquido inflamável lá a explosão vai ter mais efeito é com a explosão de um podemos acerta os outros dez sem precisa de muito esforço.

Flávio voltava a sua posição de defesa com 5 Cavaleiros Rasos a sua frente para fazer sua defesa, ele aproveitava para observar calmamente todo o local para aproveitar algo e termina com isso mais rápido possível, pretendendo poupa o seu cosmo ele esperava ainda por alguém com um cosmo forte pois ninguém atacaria o santuário sem um força extra.


Flavio
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aspirante

Aspirante
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 481
Conquista : 9


Dongho de Aquário


Character Status
HP:
900/900  (900/900)
Cosmo:
900/900  (900/900)
Fidelidade: Santuário de Atena
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   12/11/2013, 9:55 pm



"ArrowFlash Sagita"




A Chegada da Flecha

Um incidente entre o Santuário do Norte e o Santuário Sagrado de Atena começou a abalar as relações entre os cavaleiros. Sendo assim uma missão foi dada para alguns cavaleiros (me incluindo) para que protegêssemos o forte Aenir, na Itália. Sem questionar sigo em viagem até o tal forte, vou o mais rápido que eu posso pois cada segundo gasto é uma chance a menos para minha amada Deusa, e essa é a chance de provar o meu valor. Depois de algum tempo já posso avistar o tal forte, eu ainda estava distante mas através das minhas habilidades sensoriais eu consigo sentir a energia vital de alguns companheiros e também de inimigos, e isso me impulsiona à me apressar...

Minha sagrada armadura já estava à proteger o meu corpo, tão viva, tão poderosa, me completando até a alma. Dessa forma acabo ficando mais confiante e dessa vez a visão do forte é mais nítida, então posso analisar de certa forma o que já ocorria, então continuo me dirigindo até lá, já estava próximo...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cavaleiro Renegado | Espectro

Cavaleiro Renegado | Espectro
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 1342
Conquista : 27


Thorio de Peixes Negro


Character Status
HP:
900/900  (900/900)
Cosmo:
900/900  (900/900)
Fidelidade: Reino de Hades
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   13/11/2013, 12:19 am

A Invasão e a Guerra Contra o Próprio Reino
 
Narração e descrição
Fala de Thorio
Fala de outro player
NPC’s
Trilha sonora
 
Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=yNzbnIBsdr8
A armada parte com todo vigor em direção a Fortaleza Aenir que está tomada pelos cavaleiros fieis Athena e 200 soldados obedientes.
- Maldição...intrigas gerada pela morte de Heitor...Agora estou velejando indo encontro uma fortaleza – pensa Thorio de pé no convés do navio de guerra.
Lado a lado os navios deslocam em direção a fortaleza guarnecida pelos cavaleiros do Santuário de Athena.
- Senhor Thorio...- disse o informante de navio.
- Diga, Elferot? – solicita Thorio olhando para o velho navegador.
- Soubemos que Athena tomou a fortaleza com alguns cavaleiros de bronze e prata...E também a fortaleza está guarnecida de 200 soldados – revela Elferot.
- Isso é mal...Sangue será derramado...- responde Thorio olhando para a minúscula imagem da fortaleza no meio do horizonte emitindo brilhos pontuais de possíveis tochas de fogo iluminando.
- Não é interessante e agradável lutar contra os cavaleiros que juraram defender o mundo, já que eu fiz o mesmo juramento...No entanto, o Santuário de Athena mostra-se irresponsável, irreconhecível e pouco confiável após a morte de Heitor – pensa Thorio protegido pela sua armadura de prata de Taça.
 
Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=mBZFFHY8OYs
Horas posteriores a frota de 10 navios atingem a posição de 140 metros em relação à fortaleza protegida pelos cavaleiros do Santuário. A seguir, os marujos que estavam no navio, estavam correndo desesperadamente de um lado para o outro, vestindo algumas vestes, igualmente aos cavaleiros mais rasos do santuário.
- Preparara canhões! - ordenou um homem alto de barba grisalha, vestindo uma roupa adequada para a época e que em suas costas, possuía uma urna de armadura desconhecida.
O grito foi efetuado, Thorio mantém a expressão séria e preocupação, mesmo assim, os canhões atiraram as bolas de ferro com toda velocidade em direção a fortaleza.
- Não é de estranhar que a fortaleza responderá altura – pensa Thorio com o olhar fixo e atento.
As bolas de ferro foram úteis gerou danos importantes na muralha, Thorio preocupado temia pelo pior e deslocou até a cabine do navio de guerra.
- Capitão, fique atento a fortaleza retribuirá o agrado feito – revela Thorio olhando para o velho comandante.
- Não se preocupe Senhor...Está sob controle – disse o capitão confiante.
- Pretendo deixar o navio quando atingir a posição entre 80 a 50 metros – conta Thorio com o semblante sério.
Após ter a conversa rápida Thorio retorna ao convés e observa atentamente a situação.
 
 
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador

Narrador
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 222
Conquista : 74


The Saint

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   14/11/2013, 10:40 am




Narração


O cavaleiro de Sagita já estava prestes á chegar na fortaleza, enquanto isso, Lince, Fênix e Equuleus preparavam-se sobre os muros atingidos de Aenir. Kyõkai trouxe consigo exatamente 25 cavaleiros rasos para adentrarem na Fortaleza junto á ele, assim pôde encontrar-se com Flávio, o cavaleiro de Lince. Que, a esta altura já ordenava o disparo de canhões contra os navios do Norte que aproximavam-se cada vez mais. A maioria dos navios tinham navegadores experientes que sabiam manusear a coordenação do navio para desviar-se de tais balas de canhão, com exceção de um deles.

Apenas um navio conseguiu ser destruído e seus destroços afundaram no mar, enfurecendo ainda mais os cavaleiros do Norte, que realmente perceberam que os Cavaleiros de Atena iriam enfrentar eles.  Alguns soldados rasos foram à beira do mar, para criarem sua própria proteção á frente de Aenir, e jogaram suas lanças contra os navios, sem sucesso pela distância que estavam. Flávio e Kyokai tiveram um rápido processamento e provavelmente conseguiram pensar em uma estratégia, o que será que eles estariam preparando  no alto daquele muro?

Ao longe, no mar. Era anunciado um cavaleiro de prata, totalmente fiel ao norte; Thorio de Taça apressou-se em ordenar que os marujos do navio recarregassem os canhões com mais munição. Eis que, um dos homens que possuía uma urna de armadura nas costas, chama a atenção de Thorio, o encarando com um olhar desafiador. - Senhor, creio que seria de ótimas ajuda, se pudesses utilizar tuas habilidades contra a Fortaleza. - pediu, com um sotaque estrangeiro, enquanto as mãos ficavam sobre a alça da urna. O homem que sugeriu á Thorio, chamava-se Neth que liderou várias tropas de caça na Floresta da Rússia, em busca de carne para comer, carne de lobos do norte.

Os marujos do navio notaram que um dos seus navios da frota afundaram, e neste momento, todos gritaram. - Aliado derrotado ! - e surgiu dois homens carregando uma bola de canhão recheada de líquido inflamável em sua superfície, e a depositaram dentro de um canhão, e a incendiaram, criando uma típica bola de fogo. - Preparar..  - ordenou o imediato do navio em que Thorio e Neth de Cristal estavam. - FOGO! - um grande estrondo podia ser escutado á quilômetros, um estrondo que quase tremeu a fortaleza de Aenir.

Os cavaleiros de bronze que estavam no alto do muro observando os navios, enquanto seus soldados rasos recarregavam a munição dos canhões, surpreenderam-se com aquele estrondo, e notaram um bola de fogo rasgar o céu e vindo em suas direções.

Aquela bola de fogo atingiu o meio completo dos Muros da Fortaleza, e que estremecerem toda sua estrutura. Desequilibrando o cavaleiro de Lince e o fazendo despencar de uma altura de 200 metros até o chão, enquanto o cavaleiro de bronze de Equuleus teve seu corpo jogado para o mar, em uma tentativa de se desviar.  A bola de fogo começou á causar um incêndio nas pequenas plantas que contornavam o muro, e esse incêndio poderia trazer sérios problemas para todos os soldados e cavaleiros.





Kyõkai - 25/25 Soldados restantes. ( Foi jogado ao Mar )
Flávio - 75/100 Soldados restantes. ( Foi jogado ao chão )
Hagazard -  100/100 soldados restantes
Joah -  100/100 soldados restantes

Navios do Norte  9/10 - Estão á 100 metros da fortaleza.
Thorio - 90/90 Soldados restantes
Cavaleiros do Norte - Estão nos Navios.

[::] Status da Fortaleza Aenir - Muros estão cruelmente atingidos e começam á pegar fogo lentamente.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cavaleiro de Bronze

Cavaleiro de Bronze
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 6
Conquista : 0


Hagazard


Character Status
HP:
600/600  (600/600)
Cosmo:
600/600  (600/600)
Fidelidade: Santuário de Atena
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   14/11/2013, 3:39 pm


O Ataque Inicial

Hagazard estava com seus companheiros em cima das muralhas da gigantesca Fortaleza Aenir, em poucos minutos começou a surgir uma tropa de Navios do Norte pelo mar no local onde estávamos dava para ver aqueles gigantes navios armados, bem de longe eu percebia mais alguns Cavaleiros do nosso reino chegando em campo e já preparados para a batalha eu logo me preparo já com o Cosmo queimando, estava a observar o campo de batalha eu então começo a sentir um mau pressentimento e logo avisto que um dos navios da tropa inimiga já havia afundado eu fico surpreso como alguém teve a capacidade de pensar em algo tão rápido, eu havia ficado sem realizar nenhuma ação até aquele momento e então resolvi reagir e combater para proteger meus parceiros.
Em um momento que eu não estava esperando nenhuma reação do nosso inimigo, do nada eu vejo um dos navios inimigos atirando uma bola de fogo que rapidamente atinge em cheio o local onde eu e meus companheiros estávamos os muros acabara de serem atingidos em cheio e ficaram em chamas, eu como era imune e já estava acostumado com o fogo não havia sofrido nenhum dano mas, meus colegas o Flávio foi jogado no chão, e Kyõkai foi jogado no mar só eu estava lá em cima para combater nossos oponentes eu então começo a elevar meu cosmo e o meu corpo que estava envolvido nas chamas dos muros, estava deixando eu me sentindo melhor eu velozmente tento dar um salto de 20m em uma velocidade de 20m/s em direção a um daqueles navios tentando me aproximar dele caso eu conseguisse me aproximar dele, eu usaria a minha técnica Punhos da Fênix utilizando os meus dois punhos para tentar fazer um dos navios inflamar e queimar caso tal ação funcionasse, eu tentaria voltar para as muralhas depois de tentar um salto usando as chamas para me impulsionar até o devido lugar.

Status
Citação :
HP: 600/600
CS: 500/600
 
Técnicas Utilizadas:
 


Última edição por Hagazard de Fênix em 15/11/2013, 8:48 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cavaleiro Renegado | Espectro

Cavaleiro Renegado | Espectro
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 1342
Conquista : 27


Thorio de Peixes Negro


Character Status
HP:
900/900  (900/900)
Cosmo:
900/900  (900/900)
Fidelidade: Reino de Hades
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   14/11/2013, 11:25 pm

A Iminência de Sofrer um Ataque
 
Narração e descrição
Fala de Thorio
Fala de outro player
NPC’s
Trilha sonora
 
Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=I7p-hqRz7cw
A muralha da fortaleza sofre danos consideráveis, as rachaduras espalham-se na mesma tornando a estrutura física frágil.
- Êxito alcançado inicialmente, no ataque, porém, sinto a cosmo energia de cavaleiros que merecem respeito – murmura Thorio olhando para a muralha que está longe, porém cintilando pelo fogo que consome.
- Senhor, creio que seria de ótima ajuda, se pudesses utilizar tuas habilidades contra a Fortaleza – pediu o homem que possuía uma urna de armadura nas costas com um sotaque estrangeiro, enquanto as mãos ficavam sobre a alça da urna.
- Perdoe-me, mas qual seu nome? – questiona Thorio curioso ao saber o nome do jovem cavaleiro estrangeiro – Eu confesso que não notei sua presença neste navio.
- Meu nome é Neth, estive liderando várias tropas de caça na Floresta da Rússia, em busca de carne para comer, carne de lobos do norte.
 
 
- Entendo – disse Thorio com seriedade olhando para Neth.
- Aliado derrotado! – disse o marujo ao constatar navios de guerra afundados e surgiram dois homens carregando uma bola de canhão recheada de líquido inflamável em sua superfície, e a depositaram dentro de um canhão, e a incendiaram, criando uma típica bola de fogo.
 - Preparar... – ordenou o marujo presente no navio em que Thorio e Neth de Cristal estavam – Fogo !
 
 
Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=mp_tf3EzZyQ
Um grande estrondo podia ser escutado a quilômetros, um estrondo que quase tremeu a fortaleza de Aenir.
Os cavaleiros de bronze que estavam no alto do muro observando os navios, enquanto seus soldados rasos recarregavam a munição dos canhões, surpreenderam-se com aquele estrondo, e notaram uma bola de fogo rasgar o céu e vindo em suas direções.
Aquela bola de fogo atingiu o meio completo dos Muros da Fortaleza, e que estremecerem toda sua estrutura.
 
 
Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=mmO-zD4tSWg
- O muro novamente danificado, a qualquer hora irá ruir – pensa Thorio olhando para o horizonte noturno e no centro a fortaleza sendo atacada.
 - Senhor estamos há 100 metros da fortaleza – revela o marujo agitado.
À medida que aproximava da fortaleza Thorio sentia a presença da cosmo energia significativa de cavaleiros de bronze e prata, quando a armada atingiu a posição 50 metros, Thorio e Neth sentiram uma grande variação de um cosmo agressivo aproximando-se.
- Seremos atacados, preparem-se – avisa Thorio falando alto – Preciso fazer algo contra ameaça que atacará em poucos instantes.
Segundos posteriores Thorio expande a cosmo energia de cor azul safira, por meio de ambas as mãos juntas formando uma taça, faz uso das mesmas, para direcionar o possível ataque flamejante do inimigo enviado, na direção de uma espécie de Taça de 5 metros de altura que pretende-se ser obtida por Thorio (Taça Receptora).
 
Citação :
Nome da Técnica: Taça Receptora
Descrição: O cavaleiro de Taça expande a cosmo energia azul safira, por meio de ambas as mãos juntas formando uma taça, faz uso das mesmas, para direcionar o ataque inimigo enviado, na direção de uma espécie de Taça de 5 metros de altura que é obtida pela cosmo energia do cavaleiro de prata de Taça que encontra-se há 10 metros de altura de ambos os combatentes.
Observação: A taça criada pela cosmo energia desaparece após o efeito da técnica dissipar.
Gasto: 300 de Cosmo
Defesa: 600
 Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=6ym0lwPIW30
Caso obtenha êxito, Thorio envolto pelo cosmo cintilante e frio, olha para Neth.
- Neth e Marujos, aproveitem a chance de responder altura o ataque lançado pelo inimigo – fala alto Thorio.
 
Citação :

Status de Thorio de Taça
HP: 800/800
Cosmo: 500/800
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aspirante

Aspirante
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 481
Conquista : 9


Dongho de Aquário


Character Status
HP:
900/900  (900/900)
Cosmo:
900/900  (900/900)
Fidelidade: Santuário de Atena
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   15/11/2013, 2:35 pm



"ArrowFlash Sagita"




Movimentações de 1ª Linha



Finalmente consigo chegar na fortaleza e as coisas não estavam tão boas. Destruição por todo lado e soldados feridos, alguns mortos e isso deixava uma angústia tremenda em meu coração, mas como eu era um dos comandantes precisava manter a calma. Assim que me apresento na fortaleza procuro logo a organização dos meus soldados e eles se apresentaram logo que me viram. Eu tinha 100 soldados à minha disposição, então os dividi em 3 pelotões cada um com um capitão. Então logo os convoquei em uma parte mais funda e afastada da costa na fortaleza para dar as ordens.

- Capitão Giovanni, junte suas tropas e vão para um ponto estratégico na fortaleza. Fiquem escondidos protegidos mas que possam atingir com força aqueles navios. Utilizem flechas com fogo.- assim que termino as ordens, o capitão confirma com a cabeça e logo organiza seus soldados e partem com cuidado até o ponto ordenado. Então me dirijo ao outro grupo:

- Capitão Aquilani, junte seus soldados com espadas e vão para um ponto escondido fora das muralhas. Assim que algum soldado inimigo pisar próximo às muralhas quero que surpreendam eles por trás e matem todos que virem pela frente. Não se atrevam a atacar os Cavaleiros, eles são demais para vocês. Vão !- ele parte logo com as tropas para o ponto ordenado. Não podemos ter o luxo de relaxar enquanto o inimigo se aproxima, pará-los é o objetivo principal agora. Por último ordeno para o Capitão Cannavaro juntar sua tropa com canhões e se manter escondido também fora das muralhas para assim que tropas inimigas chegarem eles atirarem com tudo neles. A tropa do Capitão Giovanni tinha 40 soldados (contando com ele), a do Aquilani 30 e Cannavaro também 30, seguindo a mesma ordem.

Assim que tudo estava pronto e organizado, me junto à tropa dos arqueiros com o Capitão Giovanni. Estávamos em um ponto alto da fortaleza, porém escondidos da visão inimiga, assim poderíamos ficar mais tranquilos com a localização. Ordenei para que todos lançassem flechas com fogo diretamente nas velas de um navio. Foquei 20 arqueiros em 1 navio, e outros 20 em outro navio. Tentamos organizar o intervalo de flechadas entre 20 segundos, 15 e 10 segundos, respectivamente. Com o clima da batalha seria difícil o inimigo se focar e identificar o intervalo de flechadas e tentar nos localizar e se defender. Os lançamentos foram diretamente no foco das velas, assim poderíamos fazê-las queimar e parar os navios na mira, e por mais que as ondas do mar estivessem agitadas, fisicamente ondas transportam energia mas não matéria, então os navios não se aproximariam da costa. Em alguns caso tento rechear flechas com cosmo energia para serem mais resistentes ao vento e mais ferozes. Depois me mantenho protegido com meus soldados.




Citação :

Status

HP: 800/800
Cosmo: 800/800


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Grande Mestre

Grande Mestre
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 2233
Conquista : 199


[ADM] Lucas


Character Status
HP:
900/900  (900/900)
Cosmo:
900/900  (900/900)
Fidelidade: Santuário de Atena
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   15/11/2013, 2:51 pm

Atualização no seguinte detalhe, por favor, ignore este post, é apenas para avisar.

Citação :
Observações:
- Esta missão é ON, quer dizer, NÃO poderá estar em outros posts enquanto participa desta.
- Caso seu personagem morra, você apenas será dado como morto da missão, sua morte não afeta diretamente o jogo ON.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado



Convidado

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   15/11/2013, 3:30 pm


Movimentação
Yesterday I died, tomorrow's bleeding Fall into your sunlight The future's open wide beyond believing To know why hope dies

O Movimento inimigo foi feito, conseguindo afundar um dos dez navios, tivemos uma pequena perca de alguns soldados das minhas tropas que o numero acabou baixando para 75, o ataque foi forte deixando a muralha da fortaleza destruídas e em chamas, a ação do Cavaleiro de Fenix foi mais precipitada tentando acerta um navio com seu poder, Flávio percebia que Kyokai foi jogado ao mar o fogo na muralha acabou ajudando em muita coisa, ordenando os cavaleiros rasos a atacar com suas flechas combinada com o fogo ele colocou cada flecha dos Cavaleiros Rasos com a ponta em chamas no total de 15 Cavaleiros Rasos com arco eles atiraram todos em apenas um Navio mais não no navio que Fenix havia atirado, cada cavaleiro raso atirou 3 vezes, assim aumentando o numero de flechas na direção do navio.

-Quero dois canhões em cada navio de novo, Vão!

Ordenando novamente que os canhões atira-se nos navios, Flávio deu a ordem de novo de dois canhões para cada barco, para causar mais dano novamente, com as Flechas em fogo dos rasos ele esperava um dano bom contra os navios, sentindo o cosmo de alguém em um dos navios, percebia que não era um cavaleiro de bronze mais sim um de prata, Flávio se levantava rapidamente e dava cinco passos para traz ficando na muralha que tava em chamas, o fogo não causava dano a ele já que era acostumado com isso, aproveitou o fogo para se esconder da vista dos outros, com os disparos dos canhões só restava ver se algum deles acertava, cruzando seu braços ele achava melhor recuar um pouco dando 5 passos para trás ele ficava em sua posição defensiva já que não podia fazer muita coisa por enquanto.

-Tsc. Não vou poder fazer muita coisa por enquanto, acho melhor esperar um pouco... logo logo eles vão estar aqui, assim poderei usar meus golpes livremente, mais até lá  preciso derrubar alguns navios, então já sei oque irei fazer. Cavaleiros Rasos que restaram, se movimentem para onde eu mandar.

Flávio ordenava que os trinta Cavaleiros Rasos que restaram que usava Espada e Escudo se movimenta-se para 25 metros de distancia da Fortaleza, ficando mais a frente e usando os escudos como defesa mesmo que fosse um tiro de canhão poderia aguentar um pouco, os outros 15 que continha lanças foram ordenado a se esconder nos matos que tinha ali perto e ainda era coberto por umas arvores, assim que eles chega-se na terra iria ser atacados pelos cavaleiros com as lanças, os outros que tinha apenas machados foram ordenados a ficar um pouco mais atras dos Cavaleiros com espada e escudo ficando ha 10 metros dele e ha 15 de Flávio, com isso Flávio voltava a ficar com seus braços cruzado e esperando a reação dos inimigos.

Status:
600
600


Flavio
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aspirante

Aspirante
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 3
Conquista : 2


Zhane de Cisne


Character Status
HP:
600/600  (600/600)
Cosmo:
600/600  (600/600)
Fidelidade: Santuário do Norte
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   16/11/2013, 4:49 pm



O Poder das Rosas
Destruição do Santuário
 

A causa da morte de Heitor havia causado um grande conflito, agora os Santuários do Norte e de Atena estavam em uma batalha mortal. As tropas estavam agindo, os barcos avançando contra a práia, os navios iam seguindo o seu percurso sobre a água, diversas armas fora lançadas na direção dos barcos. Estava em minha cabine desenhando o quê eu mais gostará de desenhar, as rosas, a natureza era chamativa mais eu tinha mais aflição pelas flores. O imediato do navio atravessou a porta da cabine com um tom de desespero, aflito tomando o fôlego e indagando algumas palavras de imediáto momento:
-Senhor, estamos quase chegando, um de nossos navios acabou de afundar, receio que deverás comparecer ao convés e liderar suas tropas para se preparar para o ataque!- as palavras do imediato eram claras e severas, eu era encarregado pelo navio e tinha que liderar minhas tropas.

Juntamente à caixa em que se alojava minha armadura sobre minhas costas partia em direção ao convés, deixando meu lápis e caderno de lado sobre a mesa. Chegando ao convés as tropas estavam armados os soldados com suas armas em punho e armaduras sobre o corpo:
-Preparar Canhões, vamos acabar com esses miseráveis de uma vez por todas e honrar a morte de nosso líder, Heitor!- Dirigia as palavras para os soldados normalmente em um tom razoável, quando chegará a dizer o nome do líder soava-o com um grito bem alto e confiante de que iríamos nos vingar.

O imediato se dirigia a mim, tais palavras do mesmo eram indagadas com severidade e força:
 -Canhões prontos, pode mandar bala nesses soldados, e a propósito... - Falava ele em um tom baixo que somente eu poderá ouvir.-Inspirou bem as tropas, Zhane- Dei um leva sorriso para o imediato, me voltando rapidamente ao meu serviço naquela batalha.

-Agora, a metade dos canhões atirem na muralha, a outra metade atirem na ilha, vamos nos prevenir caso haja alguém a nos esperar quando descermos. VÃO!- Falava aos soldados começando o ataque contra os inimigos. Dirigia-me a ponta do navio vendo o Templo de Atena

Loks -q


♦ the white swan ♦ @cg




 


Status: Cosmo: 600/600 Vida: 600/600

@lilah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
General Marina

General Marina
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 236
Conquista : 1


Kyokai


Character Status
HP:
800/800  (800/800)
Cosmo:
800/800  (800/800)
Fidelidade: Reino de Poseidon
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   16/11/2013, 8:56 pm





As tropas inimigas ficavam cada vez mais próximas e eu começava a ficar preocupado quanto o ataque do inimigo, eles pareciam estar muito enfurecidos com o último ataque.Então eu pensei em um ataque direto, mas surpreendentemente eu vejo uma bola de fogo vindo em alta velocidade, era como um fogo de mil sóis, e quando estava bem próximo eu tive que pular na água.
Era uma cena catastrófica e a situação estava chegando em um estado crítico, chegando ao mar, eu olho para cima e vejo os meus soldados que estão todos à salvo, eu não poderia demorar para fazer uma grande ação então eu grito para os meus soldados: ”Escutem! Eu pensei em algo, vocês terão que prestar atenção, eu irei atacar os barcos diretamente, embora seja uma missão suicida, isso vai poupar o trabalho dos outros cavaleiros, então eu quero que dez de vocês pulem agora até aqui! Eu formarei uma barreira com o meu cosmo que irá nos dar oxigênio necessário.
Depois deles pularem até aqui eu quero que quinze restantes chamem mais cinco formando assim vinte, quero que se dividam em dois pequenos grupos: Arqueiros e Bombardeadores. Os Bombardeadores irão em grupos de cinco para cada canhão, e disparem uma quantidade de duas balas por minuto. Os Arqueiros terão que ficar em lugares onde tenham pequenos focos de incêndio, assim colocando fogo em algumas flechas, dividam as flechas entre Flechas com fogo e as Flechas com pólvora, atirem uma quantidade de uma flecha com pólvora para cada três flechas com fogo, em uma constante de trinte flechas com fogo por minuto.Como últimas ordens, eu quero que para cada um soldado morto tragam dois soldados, avisem isso para os que não estão na muralha imediatamente, também peço que alguns soldados que não estão na muralha preparar para o uso a ‘Grande Sacola’ que eu dei para vocês escondido antes de vir para este lugar, ataquem somente os navios que estão mais a direita”.
Então a ordem foi dada eu os soldados acima estavam começando a agir de forma coordenada, eu criei a esfera de cosmo energia indo para o fundo do mar, a esfera nos protegia de qualquer coisa que não fosse um golpe de energia pura, com os meus conhecimentos em Ocultismo e Forças místicas eu fiz com o que o meu Cosmo fosse ignorado pelo inimigo assim ficando totalmente despercebido.
Então chega o momento do ataque, estou embaixo dos navios que estão à direita em relação da vista da fortaleza, certificando que não tem nenhum inimigo forte em um navio eu fui até ele, então eu estava com os meus soldados ao lado do navio, até que eu pulo e com o meu cosmo levo todos os soldados comigo até o navio, eu então falo para os meus soldados: “Não lutem, eu sou um cavaleiro de bronze então serei mais do que o suficiente para conter os inimigos, devem ficar organizados e utilizar o armamento do próprio navio contra os outros! Façam agora!”. Rapidamente os inimigos reagiram, e iriam atacar os soldados, mas eu com minha velocidade sobre-humana consegui facilmente derrotar todos os inimigos, com isso três canhões foram preparados para o ataque cada um com três soldados meus ao controle, então as balas que foram revestidas com um líquido combustível pelos meus soldados foram incendiadas, o objetivo era manter uma quantidade de três lançamentos por minuto.
Depois disso, eu teria que sair dali, então eu pulo do barco e faço a mesmo esfera de cosmo energia, voltanto para a fortaleza e torcendo para que não percebessem a minha volta.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador

Narrador
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 222
Conquista : 74


The Saint

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   17/11/2013, 1:05 pm



Narração


Hagazard, o Fênix, saltou na direção dos Navios, desde o alto do muro de Aenir, e utilizou um de seus golpes de fogo que percorreram até alcançar um dos navios, mas não foi o suficiente, uma Taça cósmica criada por Thorio defendeu os navios, e absorveu todo o dano do golpe flamejante do cavaleiro de Fênix. E, ao voltar ao Navio, com o golpe bem sucedido, Thorio disse - Neth e Marujos, aproveitem a chance de responder altura o ataque lançado pelo inimigo – fala alto Thorio.  - Neth assentiu com a cabeça, e saltou para o alto, e trajou sua armadura de cristal que revestiu seu corpo de forma espetacular. - Tomem! - gritou, do alto, e com suas mãos, fez formar-se uma grande onda aquática e ofensiva que caminhava através do mar, para atingir os muros de Aenir.

Finalmente, Joah, o Sagita alcançou a Fortaleza de Aenir com seu exército, ele divide seu exército entre arqueiros e outro com alguns membros com espadas, e eles juntam-se no  grande muro, onde o fogo ali queimava, e começam á atirar flechas flamejantes na direção dos Navios.

As flechas atiradas pelo exército de Joah, não fizeram o efeito esperado, a onda aquática que Neth de Cristal havia criado interrompeu o percurso das flechas, e atingiu o muro, mas não com força o suficiente. A grande onda criada pelo cavaleiro do Norte, que vestia a armadura de Cristal, havia chegado na beira do mar com tamanha intensidade, que aniquilou dez soldados rasos de Kyokai, enquanto os de Flávio, preparavam um novo ataque com Flechas recheadas de fogo, e que tais flechas conseguiram atingir um dos navios, com total sucesso, afundando mais um dos inimigos.

- Thorio!! Mais um dos nossos foram derrotados! - exclamou Neth, um pouco distante de Thorio, com suas mãos esticadas para frente, e controlando as ondas do mar para dar mais velocidade ao navio que estavam. Neth novamente se enfureceu e elevou seu cosmo de forma excepcional que permitia os cavaleiros mais distantes observarem o brilho do cosmo dele, e assim ele disse. - Onda Titânica! - e um estrondo fora escutado através do mar, e á frente dos navios, se formou uma onda imensa, de 6 metros de altura, que estava vindo em direção á fortaleza.

Os cavaleiros eram de fato altamente inteligentes, e ordenaram eram que seu exército se escondesse em lugares ocultos, era claro que a batalha em terra já estaria prestes á começar!  E então, aquela imensa onda ignorou todos os ataques, e com sua intensidade atingiu o muro de Aenir, mas, a intenção da onda não era danificar o número e sim, aniquilar os soldados do exército dos guerreiros, matando uma pequena porcentagem de alguns exércitos, incluindo os arqueiros e aqueles que estavam na beira do mar.

Kyõkai foi bastante esperto, coordenou muito bem seus guerreiros para os canhões da muralha de Aenir, e os seus arqueiros e bombardeadores também, e o ataque dos mesmos começaram, de forma altamente calculada e perspicaz, o ataque foi tão efetivo, que as flechas de pólvora, fogo e os canhões, afundaram 2 navios do Norte, e Thorio e nem Neth conseguiram defender tais ataques ferozes vindo da Muralha, será que a vantagem havia mudado de lado?

O cavaleiro de Equuleus, criou uma esfera cósmica com oxigênio em seu interior, e nadou para o fundo do mar, com seu cosmo oculto para não ser notado. Então, ele chega há um dos navios com soldados do norte mais fracos possíveis, que o atacam com suas armas da era medieval com toda a força e fúria, e mesmo assim foram derrotados por Kyokai, que tomou o navio do norte para si, e após isso, o abandonou.

- Navio dominado! - gritou o navegador, que estava do lado de Thorio, e todos os marujos correram para reabastecer os canhões com mais olas para atacar o navio do norte que havia sido dominado, enquanto os outros ainda soltavam seus canhões contra o muro da fortaleza de Aenir.

Um marujo simples, soldado raso do norte, correu para abeira do navio e avistou Kyokai fugindo em uma bola cósmica, pelo acaso. E pegou uma lança e atirou no cavaleiro de bronze ao mar, o ferindo nas costas enquanto gritou. - Aqui, capitão! Um inimigo! -

Flávio, e Hagazard permaneciam juntos no alto da muralha enquanto o fogo os rodeava, aguardando a reação dos cavaleiros do Norte com seus navios armados, com certeza, eles estavam bolando algo.

Joah estava com seu exército, nos arredores de Aenir, devidamente preparado assim que a batalha chegasse á terra firme, enquanto, Kyokai, acabara de ser avistado por um marujo, e agora? Como ele reagirá á isso?

A batalha ficava mais tensa, vários canhões contra vários canhões, os navios estavam cada vez mais próximos, alguns já havia afundado, e muitos dos exércitos já havia, perdidos seus membros, enquanto um navio do norte atacava outro navio do norte que havia sido dominado, quem será o lado vencedor? O norte? Ou o Santuário de Atena?

* Houve um problema na ficha de Zhane de Cisne, e sua ação será ignorada.




Kyõkai HP (-50) - (10 Arqueiros) (10 Bombardeadores) ( 5 Comuns) 25/25 Soldados restantes. ( No Mar, identificado. )
Flávio - (15-10= 5 Arqueiros) (30 Comuns) (15 com Lanças) ( 30-20= 10 Comuns ) 50/100 Soldados restantes.
Hagazard -  50/100 soldados restantes
Joah -  (40-10= 30 Arqueiros) (30 Comuns) (30-15=15 nos Canhões) 75/100 soldados restantes

Navios do Norte  6/10 - Estão á 60 metros da fortaleza.
Navio do Norte dominado - 1/1 ( Está atacando o outro navio do Norte )

Thorio - 90/90 Soldados restantes
Cavaleiros do Norte - Estão nos Navios.

[::] Status da Fortaleza Aenir - Muros estão gravmente atingidos e começam á pegar fogo com mais intensidade, tenham cuidado com as reservas de pólvora, que podem explodir toda a fortaleza.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador

Narrador
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 222
Conquista : 74


The Saint

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   19/11/2013, 10:31 am

#UP Peço que continuem os posts.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado



Convidado

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   19/11/2013, 3:26 pm


Ataque!
Yesterday I died, tomorrow's bleeding Fall into your sunlight The future's open wide beyond believing To know why hope dies

 - Parece que eu vou ter que derrubar isso usando meus próprios poderes, é uma pena... Pensei que isso não seria preciso, os navios já estão perto mesmo... Bom, eu sou Flávio de Lince, o Cavaleiro de Bronze de Lince! Venha até aqui, Jon Klein! Ou devo chama-lo de Capitão Jon.

Flávio havia se cansando de tanto fracasso na tentativa de derrubar os Navios do Norte, um pouco distante dele sem ser atingido estava o homem de sua maior confiança, Jon Klein um Pirata que navegou pelos mares por 59 Anos, tal experiente quando um General Marina, o Capitão Jon como ele era conhecido se encaminhava até Flávio, como o local tava arrodeado de fogo ele ficou ha 7 metros de distancia de Flávio para não ser queimado, o Cavaleiro de Lince passava pleo fogo sem tomar dano algum, a sua cara não era das boas é parecia que já sabia que alguma coisa não daria certo(Minha cara: haha), Flávio andava um pouco mais e ficava frente a frente com o Capitão Jon, esperando pelas instruções de Flávio, Capitão Jon já fazia um sinal para que os seus homem prepara-se os canhões do mesmo modo que estava, dois canhões para cada navio.

- Capitão Jon, acredito em você, sei que vai derrubar esses navios é eu irei lhe ajudar.

- Senhor Flávio, os Navios estão próximos a Fortaleza, como pretende fazer isso ?

O Capitão Jon parecia esta nervoso com oque Flávio pretendia fazer, o Cavaleiro de Lince se virava de costa e acenava para Jon, correndo na sua máxima velocidade que ele podia como Cavaleiro de Bronze, Flávio tentava ficar ha 15 metros da beira mar, é com isso parava de corre ficando frente a frente com os navios restantes, levantando sua mão direita, um sinal era dado ao Capitão Jon que ordenava os disparos dos canhões contra os restantes dos navios, dava para perceber os cosmo de outros cavaleiros em um dos navios, para não ter o ataque bloqueado Flávio mirava em outro navios que estava um pouco mais distante, abrindo sua mão direita e esquerda... Seu cosmo começava e queimar intensamente... Ao redor do seu corpo podia ver as chamas azuis e vermelhas emanando, em uma mão criava uma chama normal, na outra um azul, e com isso ele juntava as duas mãos e depois disso abaixava sua esquerda e com sua direita criava a sua Fusion Flare, seu golpe mais forte até então, Flávio mirava e lançava ela em um navio sem proteção de um Cavaleiro que pode-se defende-la para assim tentar derrubar alguns navios com o impacto da explosão do Fusion Flare, ao jogar a sua Bola de Fogo ele tentava recuar o máximo que podia para evitar de ser atingido por algum tiro dos canhões do navio do norte.

600
390



Técnica Usada[/font:dc71:
 


Flavio



 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cavaleiro Renegado | Espectro

Cavaleiro Renegado | Espectro
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 1342
Conquista : 27


Thorio de Peixes Negro


Character Status
HP:
900/900  (900/900)
Cosmo:
900/900  (900/900)
Fidelidade: Reino de Hades
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   21/11/2013, 9:20 pm

Contra-Ataque Congelante
 
Narração e descrição
Fala de Thorio
Fala de outro player
NPC’s
Trilha sonora
 
Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=K8jFDdY9oDs
O céu da noite se mantém, porém, com nuvens de instabilidade formando-se, Thorio observa atentamente os ataques realizados em direção a muralha em ruínas. Além disso, obtém certo alivio após conter a fúria das chamas enviada pelos inimigos da fortaleza. Adiante Neth faz bom uso do seu poder gerando onda aquática e ofensiva que caminhava através do mar, para atingir os muros de Aenir.
- Formidável Neth, não esperava tanto poder emitido – pensa Thorio ao ver a onda turbulenta deslocando em direção do muro de Aenir.
Os inimigos também atacaram enviando flechas que cortaram o céu e atingiram alguns navios de guerra.
- Isso é péssimo, algumas embarcações estão sendo atacadas – murmura Thorio olhando para 3 navios a direita e a frente.
- Thorio, mais um dos nossos foram derrotados! - exclamou Neth, um pouco distante de Thorio, com suas mãos esticadas para frente, e controlando as ondas do mar para dar mais velocidade ao navio que estavam.
- Sim, eu já percebi – comenta Thorio envolto pelo cosmo azul tênue.
Neth novamente se enfureceu e elevou seu cosmo de forma excepcional que permitia os cavaleiros mais distantes observarem o brilho do cosmo dele.
- Onda Titânica! – anuncia Neth de Cristal a técnica ofensiva.
Instantes posteriores um estrondo fora escutado através do mar, e á frente dos navios, se formou uma onda imensa, de 6 metros de altura, que estava vindo em direção a fortaleza.
A imensa onda ignorou todos os ataques, e com sua intensidade atingiu o muro de Aenir, mas, a intenção da onda não era danificar o número e sim, aniquilar os soldados do exército dos guerreiros, matando uma pequena porcentagem de alguns exércitos, incluindo os arqueiros e aqueles que estavam na beira do mar.
 
Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=dmKYIQWECWk
O cavaleiro de Equuleus criou uma esfera cósmica com oxigênio em seu interior, e nadou para o fundo do mar, com seu cosmo oculto para não ser notado. Então, ele chega há um dos navios com soldados do norte mais fracos possíveis, que o atacam com suas armas da era medieval com toda a força e fúria, e mesmo assim foram derrotados por Kyokai, que tomou o navio do norte para si, e após isso, o abandonou.
- Navio dominado! - gritou o navegador, que estava do lado de Thorio, e todos os marujos correram para reabastecer os canhões com mais pólvora para atacar o navio do norte que havia sido dominado, enquanto os outros ainda soltavam seus canhões contra o muro da fortaleza de Aenir.
- Estamos bem próximos, precisamos resistir e contra-atacar - revela Thorio olhando para o muro acidentado eu crescia a cada centímetro conquistado.
Um marujo simples, soldado raso do norte, correu para a beira do navio e avistou Kyokai fugindo em uma bola cósmica, pelo acaso. E pegou uma lança e atirou no cavaleiro de bronze ao mar, o ferindo nas costas enquanto gritou.
 - Aqui, capitão! Um inimigo! – conta o soldado eufórico.
 
Trilha Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=NqV2intpUAw
- Neth, vamos precisar fazer algo para garantir mais proximidade de terra firme – disse Thorio olhando para o cavaleiro de prata.
A beira da praia algo está acontecendo, Thorio pressente a cosmo energia de grande significância. Quando o navio atingiu a posição 50 metros em relação à fortaleza, a intensidade do cosmo inimigo expande.
- Maldição, outro ataque a caminho – pensa Thorio envolto pelo cosmo cintilante azul – Neth, use sua cosmo energia para levantar paredes de gelo constituídas pela água do mar para conter possíveis ataques de canhão.
Thorio demonstrava novamente a preocupação quando o cosmo inimigo ampliou seu cosmo e lançou algo em direção aos navios do norte.
- Não vou permitir que esta embarcação pereça – revela Thorio ampliando o cosmo frio e azul.
O cavaleiro de Taça expande a cosmo energia azul safira, por meio de ambas as mãos juntas formando uma taça, faz uso das mesmas, para direcionar o ataque cruel do inimigo enviado, na direção de uma espécie de Taça de 5 metros de altura que é obtida pela cosmo energia do cavaleiro de prata de Taça que encontra-se há 10 metros de altura da embarcação.
- A Taça Receptora receberá todo poder ofensivo enviado – revela Thorio envolto pelo cosmo azul safira intenso.
 
Citação :
Nome da Técnica: Taça Receptora
Descrição: O cavaleiro de Taça expande a cosmo energia azul safira, por meio de ambas as mãos juntas formando uma taça, faz uso das mesmas, para direcionar o ataque inimigo enviado, na direção de uma espécie de Taça de 5 metros de altura que é obtida pela cosmo energia do cavaleiro de prata de Taça que encontra-se há 10 metros de altura de ambos os combatentes.
Gasto: 300 de Cosmo
Defesa: 600
- Capitão atire em direção dos arqueiros que disparam contra nós – fala alto Thorio solicitando ação ofensiva do navio de guerra.
 
Citação :
Meteorologia - Estudo do tempo, dos efeitos climáticos, suas mudanças e quando possivelmente vão acontecer.
- Neth, veja aquelas nuvens de instabilidade próximas da fortaleza, use seu poder de congelar para fazer precipitar granizo ponte agudo contra os inimigos próximos da muralha e em terra firme – solicita o cavaleiro de Taça, sendo um conhecedor de climatologia olhando para o cavaleiro de Cristal.
- Vamos adiante, não vamos recuar – fala alto Thorio tentando encorajar todos os tripulantes do navio.
 

Citação :
Status de Thorio de Taça
HP: 800/800
Cosmo: 200/800
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aspirante

Aspirante
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 481
Conquista : 9


Dongho de Aquário


Character Status
HP:
900/900  (900/900)
Cosmo:
900/900  (900/900)
Fidelidade: Santuário de Atena
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   23/11/2013, 8:03 pm



"ArrowFlash Sagita"







Passagem para Hellcife

Para minha surpresa o plano não estava indo como esperado, os malditos infelizes inimigos acabaram matando meus companheiros de batalha e isso me deixou um tanto triste. Foi então que utilizei minha habilidade telepática e me comuniquei mentalmente com os meus soldados "camuflados", ordenando a volta para dentro da muralha. Aos soldados com canhões ordenei que voltassem mas se mantivessem escondidos para caso algum guerreiro inimigo sobrevivesse aos movimentos seguintes.


- Droga... Como eles podem fazer esse tipo de coisa? Juraram proteger a terra e os humanos ao lado da minha amada Deusa Atena...- falo baixinho, de uma forma que só eu entendesse, e naquela agonia outra pessoa mal poderia estar atento o bastante para entender.

Mantive a ordem do mesmo movimento para meus arqueiros, mas isso após nos locomovermos para outro lugar, mantendo a mesma estratégia e intercalando o intervalo de movimentos para tentar confundir os meus adversários. Após isso, dirigi minhas ordens ao Capitão Giovanni que se continuasse no controle total da tropa de arqueiros e se possível, antecipasse revestidas inimigas para evitar as baixas. Então sai da minha posição e fui checar a fortaleza por dentro. Passei alguns minutos a procurar alguém ferido, algum problema interno enquanto meus companheiros de bronze seguravam o trampo, e então a hora do movimento chegou. Me dirigi até um ponto próximo a muralha, mas imperceptível a olhos comuns de inimigos nos navios, isso facilitaria o meu trabalho.


- Mas o que? Eles já estão perto, ttong (droga)...- dizia surpreso enquanto olhada para os navios se aproximando.

Foi então que eu resolvi começar a agir, impedir a chegada dos navios era a maior prioridade naquele momento. Posicionei meu braço direito em direção aos navios, com a mão aberta e apontadas para eles começo a fazer minha cosmo energia se expandir e logo não conseguia se restringir ao meu corpo por dentro, em poucos instantes já estava contornando meu corpo com sua áurea negra, porém, pura. Minha habilidade secreta já fluía do meu corpo para o universo, a linhagem no meu sangue tinha um poder precioso (e ainda o tem) e esse era o momento exato para utilizá-lo. Começo a tentar alterar o fluxo de energia na região em que os navios estavam situados, eu podia sentir a força cósmica e enérgica daquelas águas e com toda certeza eram poderosas o bastante para fazer o que eu pretendia.

Minha cosmo energia explodiu e queimou com uma potência incrível no momento crucial da minha técnica. Eu estava a tentar criar um redemoinho gigante entre os navios com o objetivo de tomá-los completamente com a violência marítima, e se isso não fosse possível para TODOS os navios, que o movimento do redemoinho fizesse com que alguns se chocasse. O objetivo não importa, desde que coloque medo nos adversários e os convença da partida para casa. Após isso realizo uma recarga de 100 em meu cosmo, e então meu cosmo se acalmaria.


- Vão navegar no inferno agora !

Fluxo de Energia Universal:
 






****************************************

Observações

Citação :


* Realizei um gasto de 100 em cosmo para realização da minha habilidade especial;
* Qualquer dúvida sobre meus poderes, analisem minha ficha e leiam tudo com atenção.

Status
HP: Cheio
COSMO: Cheio

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado



Convidado

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   26/11/2013, 9:51 am

AVISO. peço que os dois cavaleiros que resta postem logo, Kyokai e Hagazard darei um pequeno prazo para os dois, caso contrario ambos serão dado como mortos e eliminados da quest.

Att: ADM Flávio
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aspirante

Aspirante
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 5
Conquista : -1


RYUHA


Character Status
HP:
100/100  (100/100)
Cosmo:
100/100  (100/100)
Fidelidade:
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   27/12/2013, 7:12 pm

ATENA MANDOU REFORÇOS PARA A FORTALEZA 100 CAVALEIROS DE BRONZE 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aspirante

Aspirante
avatar
Sexo : Masculino
Posts : 5
Conquista : -1


RYUHA


Character Status
HP:
100/100  (100/100)
Cosmo:
100/100  (100/100)
Fidelidade:
MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   27/12/2013, 7:14 pm

UNS DOS 100 SOLDADOS ERA EU RYUHA DE UNICORNIO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário



Conteúdo patrocinado

MensagemAssunto: Re: [Missão 1] Navios do Norte   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

[Missão 1] Navios do Norte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
4.5 .: Cavaleiros Lendários RPG .: Gameplay Único! :: Novidades :: Quests Paralelas-
Mensagens predefinidas (STAFF)



Mensagens de Avaliação de Treinos (STAFF) :



Página 1 de 1